CAMPANHA CONTRA O CÂNCER DE PROSTATA

CAMPANHA CONTRA O CÂNCER DE  PROSTATA

sábado, 22 de novembro de 2014

SEM COMENTÁRIOS


Professores da rede estadual ameaçam iniciar 2015 com greve caso seja mantido o retrocesso na carga horária

Em assembleia realizada na tarde dessa terça-feira (18), os professores da rede estadual de ensino deliberaram pela não aceitação da recomendação do Ministério Público à SEEC que solicita a mudança na carga horária e ameaçam iniciar 2015 com greve.
De acordo com a pedido do MP, o cálculo da jornada de trabalho passa de hora aula para hora relógio, o que configura como um enorme retrocesso para todos os professores.
A coordenadora geral do SINTE/RN, Fátima Cardoso, afirma que a categoria não vai aceitar a recomendação do Ministério Público: “Não vamos aceitar (a recomendação) neste ano, tampouco no próximo ano e/ou no próximo Governo”.
Para discutir o assunto, uma nova assembleia foi marcada para o primeiro dia do ano letivo de 2015.

Fonte: http://sintern.org.br/

E NÃO ADIANTE RECLAMAR DA PRESIDENTA!!!


Consumidores esperam inflação de 7,5% nos próximos 12 meses
A inflação deve ficar em 7,5% nos próximos 12 meses, segundo expectativa dos consumidores medida pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em novembro. O Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores é o mesmo observado em outubro (7,5%).
O indicador também manteve-se no intervalo entre 7,2% e 7,5% que vem sendo registrado desde abril deste ano. Na média móvel trimestral, o indicador ficou em 7,4% em novembro, acima dos 7,3% observados no mês anterior.

Segundo o economista da FGV Pedro Costa Ferreira, o indicador está em tendência de alta porque, apesar de ter mantido a média de 7,5% entre outubro e novembro, o número de entrevistados que esperam uma inflação maior do que 7% aumentou, enquanto aqueles que esperam inflação menor do que 7% diminuíram.
Fonte: Tribuna do Norte

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

NEGO... O ACESSO A INTERNET.


Governo da Paraíba entrega 61 mil tablets, mas salas de aula não têm Wi-Fi

O Governo da Paraíba entregou, desde 2011, 61 mil tablets para alunos e professores da rede estadual de ensino, mas a maior parte das aulas ainda é 'offline'. Isso porque, segundo a própria secretária da Educação, a maior parte dos os alunos só tem acesso à internet nos laboratórios de informática.
"Colocamos o carro na frente dos bois", disse a secretária Márcia de Figueirêdo Lucena Lira, nesta segunda-feira (17), durante o Bett Latin América, evento sobre o uso de tecnologia na educação. A presença de roteadores nas escolas não foi levantado antes que os equipamentos fossem distribuídos, segundo Márcia.
Os tablets foram entregues para 52 mil alunos e 9 mil professores da rede, em  especial para os que estão no 1º ano do ensino médio. O material custou R$ 28 milhões.
"Não foi um desperdício. Eles conseguem acessar conteúdos que já vem instalados nos tablets. Os professores também explicam como buscar as informações na internet, e depois eles consultam em casa ou em outros lugares públicos com acesso à internet", disse a secretária.
O objetivo inicial era que os tablets fossem usados como ferramentas pedagógicas em sala de aula. Os equipamentos são emprestados para os estudantes, que podem levá-los para a casa.
De acordo com a secretária, novos roteadores serão  adquiridos pelo governo, que também está realizando treinamentos com professores. Além do uso em sala, os tablets são  usados para ligar professores e alunos de toda a rede, incluindo em uma plataforma online de cursinho pré-vestibular.
O governo também diz que usa a internet para oferecer programas de pós-graduação para professores das cidades do interior do Estado.

Fonte: http://educacao.uol.com.br/

É PROIBIDO ENGRAVIDAR. SÓ VAI DAR DEMISSÃO!


Projeto de lei quer aumentar licença-maternidade para um ano
A Comissão Especial da Primeira Infância discutiu hoje (19), pela primeira vez, emendas para o Projeto de Lei 6.998/2013, que pretende ser o marco legal da primeira infância. Um dos pontos polêmicos do dispositivo é o aumento do tempo de licença-maternidade para um ano e de licença-paternidade para um mês.
Para o autor do projeto, deputado Osmar Terra (PMDB-RS), este é um ponto importante, mas que ainda está sendo discutido pelos membros da comissão. “Não será um gasto a mais para as empresas, é um investimento que vai prevenir muitos problemas futuros, não só para a família, mas para a sociedade toda”, explicou.
O projeto foca em um conjunto de ações para o inicio da vida, como ampliar a qualidade do atendimento para crianças até 6 anos, com carreira, capacitação e, inclusive, com a criação de novas funções publicas, que cuidem do início da vida, de modo a valorizar o papel da mãe e do pai junto à criança, bem como criar espaços públicos para garantir que as crianças tenham locais adequados para se desenvolver.
Além disso, o projeto prevê a criação de um sistema de avaliação do desenvolvimento da criança, para verificar se o modelo de cuidado está adequado ou precisa ser alterado.
Segundo Terra, a primeira infância começou a ser intensamente pesquisada há cerca de 20 anos. É na primeira infância, segundo ele, que a criança desenvolve as estruturas sociais, afetivas e cognitivas, e por isso a atenção deve ser maior para assegurar condições de desenvolvimento saudável.
Segundo o relator, deputado João Ananias (PCdoB-CE), o projeto deve ser votado no dia 2 de dezembro, na Comissão Especial da Primeira Infância. O dispositivo altera a Lei 8,069 - o Estatuto da Criança e do Adolescente.
Fonte: Agência Brasil

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

UM DESGOVERNO CHAMADO ROSALBA

Pagamento de servidores inativos é adiado por falta de dinheiro
O salário de 14.704 inativos do Governo do Estado será realizado nesta terça-feira (11, no início do expediente bancário). A justificativa do secretário de Planejamento e Finanças e da Administração e Recursos Humanos e o Instituto de Previdência do RN (IPERN),  Obery Rodrigues o Governo “não tinha dinheiro para pagar hoje”. 
No entanto, o secretário confirmou que o salário vai entrar amanhã em função da entrada de uma receita prevista de  imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação (ICMS).
A folha salarial dos servidores públicos do Rio Grande do Norte começou a ser pago no final de outubro. De acordo com informações da Secretaria de Planejamento (Seplan), a forma de pagamento será a mesma do mês anterior, com preferência para quem recebe até R$ 2 mil e para áreas essenciais.
 O pagamento dos servidores do Estado vem sendo feito de forma fracionada desde agosto de 2013. A mudança na forma de pagamento, segundo justificativa do Governo, seria a crise financeira. 
Fonte: Tribuna do Norte

BARRA DO CUNHAÚ. FALTA ÁGUA NO PARAÍSO

Quem chega em Barra do Cunhaú nem imagina que por trás de tanta beleza natural, boa parte da população enfrenta um problema antigo que se arrasta por vários anos, a falta d'água em algumas ruas e não por coincidência esse problema existe apenas nas ruas de cima, pois nas ruas de baixo dificilmente falta água.Uns dizem que é devido ao aumento do consumo, em razão da temporada, outros dizem que é devido a falta de pagamento que algumas pessoas ainda teimam em não fazer achando que são melhores que as outras.
A um tempo atrás foram instalados hidrômetros (aquele reloginho "ladrão" que se mexe só com o vento) em algumas residências. Em alguns casos a conta chegou a mais de R$ 1.200,00 (nem em um lava-jato a conta é tão alta, mais no relógio da CAERN é normal), porém não serviu de nada, as contas vinham mas não eram pagas (também a esse preço!), resultado, se não existe pagamento pelo serviço prestado ele pode ser suspenso a qualquer momento, enquanto isso fica a reclamação da população que não sabe, e nem tem a quem recorrer.
Mas a solução é simples... pagar o que deve, mas não esse preço absurdo!

ESPERAR PRA VER!


Gabaritos do Enem devem sair até quarta-feira

Os gabaritos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) devem ser divulgados até quarta-feira (12) no site http://portal.inep.gov.br/enem.
Já os resultados individuais da avaliação, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), serão disponibilizados em janeiro, mediante inserção do número de inscrição ou CPF e senha do candidato.
As provas foram aplicadas no fim de semana em 1,7 mil cidades brasileiras. Mais de 8,7 milhões de pessoas se inscreveram para o exame.
O segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ontem (9), foi marcado por provas mais cansativas, na avaliação de professores ouvidos pela Agência Brasil. Apesar de seguir o padrão de provas anteriores e abordar temas atuais com o mesmo número de questões, o teste deste ano foi considerado mais longo e exigente.

"A prova foi muito longa e a sensação era que não dava tempo para o aluno fazer todas as questões, precisava fazer escolhas", avaliou o professor do Sistema Elite de Ensino, Rafael Coelho. Segundo ele, o exame trouxe textos de autores nacionais, o que é positivo por valorizar a língua e a cultura brasileira. Questões como a exploração sexual, o selfie e o consumo de água foram abordadas no exame. Para ele, é interessante a "busca de conscientizar os candidatos sobre problemas que o país tem".
Fonte: Agência Brasil

236 IDIOTAS


Uso indevido do celular elimina 236 candidatos do Enem
Em dois dias de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 236 inscritos foram eliminados em todo o Brasil por uso indevido de telefones celulares. De acordo com o Ministério da Educação, considerando os demais casos, o número de eliminações chegou a 1.519, já o índice de candidatos faltosos caiu de 29,7% em 2013 para 28,6% neste ano.
Realizado nas tardes de sábado (8) e domingo (9) em 1.752 municípios brasileiros, o Enem foi considerado um "sucesso" pela presidente Dilma Rousseff. Em seu perfil no Twitter, a presidente afirmou que o exame se consolidou como meio de entrada nas universidades. "A consolidação do Enem permite q mais estudantes possam ter aceso às oportunidades criadas pelo Sisu e entrar na universidade pública", disse.
Para o ministro da Educação, Henrique Paim, a aplicação das provas foi tranquila. “Tivemos um Enem tranquilo, o que demonstra a consolidação do processo. A logística aperfeiçoada a cada ano está mostrando resultados”, afirmou o ministro em entrevista coletiva no domingo.
Além do Sisu, a nota do Enem também é usada para seleção do Programa Universidade para Todos (ProUni), o Financiamento Estudantil (Fies), o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e o Ciência sem Fronteiras.

Fonte: Tribuna do Norte